A cirurgia plástica é um processo relativamente longo, que requer preparação, disciplina e paciência. Antes de realizar qualquer procedimento, é fundamental que o paciente esclareça todas as suas dúvidas e se informe sobre os cuidados e limitações que terá de enfrentar. Em geral, podemos separar a cirurgia plástica em três etapas distintas.

Pré-Operatório: o paciente deve passar pela avaliação de um cirurgião plástico de confiança, que irá indicar o procedimento mais adequado e esclarecer todas as suas dúvidas. Após a consulta, o paciente irá realizar uma série de exames e passar pela avaliação de um cardiologista. Caso esteja bem de saúde, pode marcar a cirurgia e começar a seguir os cuidados pré-operatórios:

  • Cigarro: se você for fumante, é preciso parar de fumar pelo menos um mês antes da cirurgia. O cigarro dificulta a cicatrização e aumenta o risco de trombose, embolia pulmonar e infecções.
  • Álcool: evite o consumo por pelo menos uma semana antes da cirurgia. Ele dificulta a ação dos anestésicos e antibióticos e deixa a coagulação sanguínea mais lenta, aumentando o risco de hemorragia e má cicatrização.
  • Medicamentos: duas semanas antes da cirurgia, suspenda qualquer medicamento que contenha AAS, anticoncepcionais orais, reposição hormonal, fórmulas para emagrecer, ginseng ginkgo biloba, óleo de alho, arnica, ou qualquer tipo de suplemento alimentar. Caso necessite tomar algum medicamento neste período, avise o seu médico antes, para que ele possa avaliar qual pode ser tomado, sem comprometer a sua cirurgia.
  • Depilação: não depile ou raspe pelos do corpo próximos à área a ser operada, na semana que antecede o procedimento.
  • Alimentação: faça dieta leve, rica em vitaminas, proteínas magras e antioxidantes, na semana que antecede a cirurgia.
  • Programe-se: deixe tudo organizado na sua casa, dispensa e geladeira, antes da cirurgia, para que você possa se recuperar com mais conforto e tranquilidade.

No dia da Cirurgia o paciente precisa seguir uma série de recomendações:

  • Jejum: Siga os horários de jejum, de acordo com o cronograma que seu médico irá te passar.
  • Horário: chegue no hospital com 2 horas de antecedência do horário da cirurgia.
  • Higiene: tome banho antes de ir para o hospital, lave os cabelos e seque com secador.
  • Levar Para o Hospital: uma mala com produtos de higiene pessoal, uma muda de roupa confortável e fácil de vestir, chinelos ou pantufas. Levar também os exames realizados e acessórios, como sutiãs, cintas, meias e placas de compressão (caso tenho sido recomendados).
  • Menstruação: a menstruação não é impedimento para a cirurgia. Caso ocorra, não pode usar absorventes internos. Mas não se preocupe com isso e você pode realizar a cirurgia normalmente.
  • Acompanhante: para todos os procedimentos, a internação será em quarto particular, com acompanhante.

Pós-Operatório: esta é a fase mais importante, pois é ela que irá determinar a qualidade dos resultados. Ela exige uma série de cuidados, como:

  • Após a alta hospitalar: na maioria dos casos, você irá permanecer com os curativos por 48hs. Neste período, o ideal é não tomar banho e fazer a sua higienização com lenços umedecidos.
  • Medicamentos: tome as medicações que forem prescritas corretamente e em caso de dor, peça para alterar seus analgésicos.
  • Após 48hs: já pode tomar banho normalmente e molhar os curativos. Após o banho, retire os curativos, seque com uma toalha macia e coloque um novo curativo.
  • Acessórios: caso sejam necessários para sua cirurgia, devem ser usados de dois a três meses, retirando apenas para o banho.
  • Sol: não se exponha ao sol por três meses e tente permanecer sempre em ambientes frescos, pois o calor aumenta o inchaço.
  • Relações sexuais: após 1 mês, em posições que não forcem a área operada. Após 3 meses, vida normal.
  • Como dormir: durma com a área operada sempre para cima nas 3 primeiras semanas. Após a 3ª semana, está liberado dormir de lado. Dormir em qualquer posição, apenas após o 2º mês.
  • Alimentação: nos 15 primeiros dias, faça uma dieta leve e beba bastante água. Evite comer sal em excesso para não reter líquidos e aumentar a pressão sanguínea.
  • Atividades físicas: caminhadas leves após um mês. Todos os outros exercícios, como corrida, musculação, tênis, natação, lutas e abdominais, estão liberados após 3 meses. Não carregue peso ou faça esforço físico durante este período.

Por fim, lembre-se de que no pós-operatório será necessário tirar licença do trabalho pelo período estipulado pelo cirurgião e precisar de todo tipo de ajuda nas atividades domésticas durante a sua recuperação. Seguindo todos esses passos com dedicação, você conseguirá obter os melhores resultados possíveis para a sua cirurgia!

Dr. Allan Gadelha

Cirurgião Plástico

CRM SP 109600

RQE 30940

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dois × cinco =